CASACOR SP 2018: palco de tendências

Ambientes incríveis revelam o que vai fazer sucesso nesta temporada

 Já começou a CASACOR São Paulo, a maior e mais completa mostra de arquitetura, decoração e design das Américas. São mais de 80 ambientes criados por profissionais que são referência no setor. Considerado o palco de importantes tendências, o evento traz o tema “A Casa Viva”, e tem projetos que destacam a harmonia e o contato com a natureza e, principalmente, a convivência e a celebração dos laços de afeto com a família e os amigos.

Para mostrar em primeira mão essas tendências em mobiliário e decoração, o Marcenaria D visitou a mostra e traz a você imagens de alguns dos mais belos ambientes da CASACOR. Vem com a gente!

Casa Menir

A cozinha pode ser o ambiente mais afetivo da casa, como mostrou a Très Arquitetura com seu espaço acolhedor. O destaque fica por conta das arejadas prateleiras, do balcão com nichos e da mesa em um padrão de madeira quente e rústico, que evoca lembranças das cozinhas antigas de família.

casa-menir1

casa-menir2

Em MaDeFibra BP da Duratex, o padrão Larnaca da linha Prisma foi combinado a nichos em tom terroso e detalhes metalizados, e harmoniza perfeitamente com o revestimento em pedra usado no ambiente

Espaço Casa Moysés

Na exposição cenográfica criada pela Casa Moysés, o quarto surge totalmente revestido com madeira, em um padrão marcante que confere personalidade ao ambiente e valoriza os elementos presentes. O tom forte da madeira é o contraponto ao cinza, o tom da moda, presente no restante do espaço.

casa-moises1

casa-moises2

Revestido no padrão Nogueira Cadiz da linha Prisma, em MaDeFibra BP Duratex, o quarto torna-se praticamente um quadro na parede, destacando-se no cinza usado no ambiente

Syshaus

O arquiteto Arthur Casas criou este espaço pensando na integração das áreas de uma casa, que ganha leveza com a iluminação natural e a madeira clara e suave que domina os ambientes e cria uma conexão entre eles. Ela está presente no revestimento de parede e teto, na cozinha e no nicho que também funciona como divisória entre sala e quarto.

Syshaus1

Syshaus2

Todos os ambientes desta casa são valorizados pelo Carvalho Malva da linha Design, padrão em MaDeFibra BP Duratex, que remete à presença da natureza como forma de criar um refúgio espiritual

LOFT LG #AMOUR

O loft projetado por Patrícia Hagobian é outro ambiente que usa o revestimento de parede em madeira para criar um espaço aconchegante, ideal para a convivência e a confraternização. O revestimento é usado em diferentes alturas, e no quarto funciona como moldura para a cama, desdobrando-se no mobiliário contemporâneo presente no ambiente.

amour1

amour2

amour3

O painel em MaDeFibra BP Duratex no padrão Riviera da linha Cross foi usado em composição com tons neutros e o preto, resultando em um ambiente harmonioso e elegante


Para mais informações sobre a CASACOR SP 2018, clique aqui.

Com a palavra, os profissionais

Um grupo de marceneiros e projetistas visitou a CASACOR SP e, com olho clínico, apontou pontos importantes presentes nos ambientes 

Um serviço de marcenaria bem feito e, muitas vezes, com detalhes inovadores é a marca registrada dos espaços mais bonitos da edição paulista da CASACOR. E nada como especialistas no assunto para ressaltarem esses detalhes e as tendências que estão presentes nos ambientes. Por isso, o Marcenaria D acompanhou um grupo de profissionais da área de marcenaria em uma visita pela mostra. Todos ficaram bastante impressionados com o que viram e destacaram alguns pontos que valorizam os projetos. Vamos a eles!

Novas cores e combinações

O rosa foi praticamente uma unanimidade nesta edição da mostra, assim como o azul e os já consagrados tons de cinza, tudo combinado com muita madeira. “O que mais me chamou a atenção foi a valorização de móveis coloridos e as texturas”, contou Marina Galvez, proprietária da Marcenaria HM. Já o experiente marceneiro Rafael Marquel do Amaral, da Berlatto Móveis Planejados, ressaltou a quantidade de ambientes coloridos: “Hoje eu vi a cor do padrão Rosa Glamour da Duratex aplicado de várias formas e isso me impressionou bastante”.

profissionais1

No ambiente rosado do Bar Lounge, assinado por Cyane Zoboli e Ana Elisa Hott, destaca-se uma parede revestida no padrão Rosa Glamour da linha Essencial, lançamento em MaDeFibra BP da Duratex, aplicado em triângulos e muito elogiado pelos profissionais que visitaram a mostra

profissionais2

Steffi Kaufman e Patricia Bacelar projetaram o Tea Lab com detalhes coloridos, que são o complemento ideal para o balcão em mármore e no novo padrão Cinza Sagrado da linha Essencial, que também combina perfeitamente com o padrão Carvalho Hanover da linha Design, ambos em MaDeFibra BP da Duratex

Revestimentos de teto

Essa tendência, que já foi matéria do Marcenaria D (confira clicando aqui), está em evidência na CASACOR. Para o designer de interiores e proprietário da Kiev Marcenaria, Rafael Valério Paschoal, esse foi um dos pontos altos da mostra: “O que vi em praticamente todos os ambientes e gostei bastante foram os tetos revestidos com madeirados. Antes, os tons usados eram mais escuros, mas agora já temos tetos em madeiras de diversas tonalidades”. Além do revestimento de teto, o uso de painéis nas paredes apareceu com igual força, tornando mais aconchegantes os espaços.

profissionais3

No Bar Lounge, de Cyane Zoboli e Ana Elisa Hott, o padrão Itapuã, da linha Essencial Wood, reveste as paredes e o teto do banheiro, com uma aplicação interessante: em vez de justapostos, os painéis de MaDeFibra BP da Duratex foram aplicados com um distanciamento e iluminados por trás, revelando um detalhe de luz

profissionais4

Flavia Ranieri projetou o Estúdio da Longevidade com um teto inclinado revestido com o Positano da linha Trama, em MaDeFibra BP Duratex, que casou perfeitamente com os tons rosados usados no ambiente

Recortes e ripas

Outra sensação da mostra foi o uso dos painéis com trabalhos especiais de marcenaria. Ripas, recortes e outros recursos chamaram a atenção dos profissionais que visitaram o evento. Amaral comenta: “Os painéis ripados estão em grande evidência. Os decoradores e arquitetos já pedem bastante esse tipo de serviço e foram eles que me apresentaram esse recurso. Sempre que posso mostro a novidade aos clientes e ressalto que essa tendência diferencia e valoriza qualquer ambiente”.

profissionais5

Em outra área do espaço Tea Lab, o padrão Carvalho Hanover foi usado para criar um desenho de troncos em uma parede revestida por plantas, com um resultado que atrai e encanta os visitantes

profissionais6

O espaço Tartuferia, criado por MF+Arquitetos, usa no teto ripas produzidas com o Freijó, da linha Essencial Wood, em MaDeFibra BP Duratex, o mesmo painel utilizado nas estantes iluminadas do ambiente

A hora e a vez das cores

É o que confirmam os projetos assinados por vários profissionais na CASACOR Paraná

IMG_2327

A CASACOR Paraná, que acontece até 1º de julho, em Curitiba, tem como proposta resgatar a importância da convivência familiar e mostrar como a casa pode contribuir para aproximar as pessoas e aquecer os relacionamentos. E sabe como muitos ambientes fazem isso? Com o uso coordenado de cores.

Explorando o que está em alta no universo da arquitetura, decoração e design, a CASACOR paranaense é um exemplo de como o uso de cores no mobiliário vem sendo cada vez mais valorizado. Entre os destaques estão o rosa terroso e os cinzas, transmitindo elegância e também tranquilidade aos ambientes (veja uma matéria que cita esses tons como tendência clicando aqui).

Selecionamos dois ambientes da mostra para você conferir como foram usadas essas cores. Confira e embarque nessa onda colorida!

Banheiro das Crianças

Neste espaço projetado por Rikelly Wolter, a estante tem nichos que combinam entre si e criam um banheiro alegre, que pode acompanhar o crescimento das crianças. “Diferenciado, mas totalmente usual e prático, o ambiente é adequado ao dia a dia e poderia ser usado como está montado na mostra”, aposta a arquiteta.

Banheiro das Crianças - Rikelly Wolter - CC PR 18 - Baixa (1)

Banheiro das Crianças - Rikelly Wolter - CC PR 18 - Baixa (9)

Banheiro das Crianças - Rikelly Wolter - CC PR 18 - Baixa (7)

Em MaDeFibra BP da Duratex, o padrão Cinza Sagrado é usado no armário e cria um ambiente harmonioso com o Rosa Glamour, ambos lançamentos da linha Essencial, e o Itapuã, da linha Essencial Wood, utilizados nos nichos da estante

Cozinha da Família

Já na cozinha assinada por Flávia Bonet a inspiração foi a união familiar. No espaço, uma ilha permite a interação das pessoas, criando um ambiente dedicado à convivência. Para escolher as cores, a arquiteta usou as referências da moda, como o terracota, o azul jeans, o branco e o rosa antigo. Ela conta que sua preocupação foi deixar o ambiente descontraído e convidativo: “Quanto mais despojado e informal, mais viva é a casa”.

IMG_2336

IMG_2328

IMG_2346

Todo o ambiente é revestido com painéis em MaDeFibra BP no padrão Rosa Glamour, da linha Essencial, que foi harmonizado com outros tons, de forma equilibrada

Um novo clássico

Combinando com os mais diversos estilos de ambientes, o revestimento de paredes e tetos mostrou força na CASACOR PR 

O revestimento de paredes e tetos com painéis de madeira já é um dos recursos preferidos dos profissionais da arquitetura e decoração, não só pela beleza e aconchego que proporciona a qualquer ambiente, mas também por ser uma solução sofisticada e versátil.

Confirmando mais uma vez que essa tendência veio para ficar, projetos da CASACOR Paraná abusaram desse recurso. Os painéis foram usados como diferencial para valorizar e destacar vários ambientes, entre os quase 50 da mostra.

Veja aqui dicas de como usar o revestimento de paredes e tetos e conquiste seus clientes com essa ideia.

Dica #1  Ouse na escolha do padrão  

Os revestimentos com madeiras suaves ou unicolores já são uma unanimidade, mas você não precisa se restringir a eles. Na Loja da Casa, criada por Gustavo Fraga, Jordana Fraga, Thiago Neia e João Victor Muraro, a escolha foi inovadora: o padrão Gepeto, da linha Essencial Duratex, vestiu paredes e teto, conferindo personalidade ao espaço e trazendo o olhar da marcenaria artesanal para o ambiente.

A Loja da Casa - 4F Interiores - CC PR 18 Baixa (6)

A Loja da Casa - 4F Interiores - CC PR 18 Baixa (3)

A Loja da Casa - 4F Interiores - CC PR 18 Baixa (19)

O mobiliário da loja foi confeccionado com os painéis Gris Montana, da linha Prisma, e Preto, da linha Trama, ambos em MaDeFibra BP da Duratex

Dica #2  Vista todo o ambiente 

Revestir todas as paredes com madeira é a garantia de um cômodo acolhedor, que estimula a convivência. A madeira também serve de moldura para quadros e luminárias, como no espaço Made For You Duratex, da dupla Moacir Schmitt Jr. e Salvio Moraes Jr., onde foi usado o padrão Noce Califórnia, da linha Essencial Duratex. Impossível não reparar na beleza do revestimento, que agrega valor à decoração.

Made For You Duratex - Moacir Schmitt Jr. e Salvio Moraes Jr. - CC PR 18 - Baixa (15)

Made For You Duratex - Moacir Schmitt Jr. e Salvio Moraes Jr. - CC PR 18 - Baixa (3)

Made For You Duratex - Moacir Schmitt Jr. e Salvio Moraes Jr. - CC PR 18 - Baixa (14)

Em parte do espaço, os profissionais optaram pelo revestimento das paredes com o padrão Preto, da linha de alto brilho Cristallo, da Duratex, criando uma separação com uma composição elegante

Dica #3  Inove com um belo trabalho de marcenaria 

Um trabalho de marcenaria também pode ser usado para revestir uma parede e fazer a diferença em um ambiente. Foi o que aconteceu na Bilheteria Lounge projetada por Thiago Guidolin e Joyce Stroka. Para valorizar a decoração inspirada na cultura marroquina, uma das paredes foi revestida com ripas produzidas com o padrão Riviera, da linha Cross, que conferiram um movimento interessante ao espaço. A madeira foi usada em composição com o padrão Nobile, da linha Trama, que remete à delicadeza dos tecidos, e que revestiu outra parede do ambiente. Ambos são painéis em MaDeFibra BP da Duratex.

Bilheteria - Thiago Guidolin e Joyce Stroka - CC PR 18 - Baixa (5)

Bilheteria - Thiago Guidolin e Joyce Stroka - CC PR 18 - Baixa (11)

Bilheteria - Thiago Guidolin e Joyce Stroka - CC PR 18 - Baixa (14)

O ambiente ficou ainda mais charmoso com o mobiliário produzido com os padrões Rosa Glamour, da linha Essencial, Grafite e Titânio, da linha Trama, em MaDeFibra BP da Duratex

O melhor do Salão do Móvel de Milão para você

Não só uma, mas muitas tendências brilharam no maior evento mundial do mobiliário. Confira aqui um resumo desses destaques 

27650459568_86d65e2b8f_o

Quase meio milhão de visitantes de todo o mundo passaram pelo Salão do Móvel de Milão, na Itália, entre os dias 17 e 22 de abril. Interessados em descobrir as tendências em mobiliário, design e decoração de ambientes, os profissionais saíram do evento com a certeza de que o design está mais democrático. Flexibilidade, funcionalidade, leveza e composições de cores e materiais foram a tônica de praticamente todos os expositores.

O Marcenaria D fez uma lista com as principais tendências identificadas na feira para inspirar você em seus próximos projetos. Confira, anote e abuse dessas ideias!

A explosão dos unicolores

Entre os destaques da feira, chamaram atenção o rosa terroso e o azul, e a grande vedete foi a paleta dos cinzas. Esses tons sóbrios ocuparam o lugar das chamadas candy colors, cores pastéis bem suaves, que saíram de cena.

MDF italia

pag5

doiomo_cucine03

Beleza interior

O evento mostrou o protagonismo da parte interna dos móveis, que foi valorizada com texturas, cores, iluminação e detalhes, que tanto buscavam a funcionalidade quanto a sofisticação.

Salone del Mobile 2018

pag8

pag7

Quanto mais brilho melhor

O brilho continuou em destaque. O uso de painéis de madeira e unicolores em alto brilho ou com efeito perolado garantiu modernidade aos móveis e mostrou que esse recurso se renova ano após ano.

pag9

sanwa_company05

Madeiras inspiradoras

Se há algo que se mantém permanentemente em evidência é a paixão pela madeira. Ela continuou com seu lugar de honra reservado no evento, principalmente em combinações com os tons da moda e outros materiais de personalidade.

doimo_cucine01

pag16

pag22

Concreto, metais e aço

Em alta, o visual industrial e contemporâneo leva à valorização do concreto, de metais e do aço na decoração. Esses materiais conferem modernidade aos móveis, com um ar que beira o despojado.

pag19

pag17

A força da diversidade

A diversidade ganha espaço também no mobiliário. Assim, superfícies em pedras, vidro, madeira e outros materiais se multiplicaram em combinações muitas vezes inusitadas, ousadas e sempre elegantes.

ernestomeda03

effetti01

Salone del Mobile 2018


Quer ver mais sobre a feira? Então assista ao vídeo abaixo.

Coworking, um novo mercado para marceneiros

Os escritórios compartilhados ganham força nos grandes centros e a marcenaria tem muito a ganhar com isso

Sopro_ARCHATHON - Espaço do Saber - CASACOR 2017 - Baixa (1)

Espaço do Saber, ambiente de coworking da CASACOR SP 2017, criado pela equipe Sopro

Redução de custos, flexibilidade, motivação e interação com outros profissionais. Esses são os principais motivos para o sucesso dos coworkings, escritórios compartilhados que reúnem, num mesmo ambiente, profissionais de diversas áreas.

Surgidos nos EUA em 2005, já são sucesso por aqui. Um levantamento feito no ano passado contabilizou mais de 800 espaços de coworking no Brasil, o que representa cerca de 56 mil estações de trabalho – um crescimento de 114% de 2016 para 2017.

Sopro_ARCHATHON - Espaço do Saber - CASACOR 2017 - Baixa (4)

Outro ambiente do Espaço do Saber

Os coworkings estão mudando a forma como as empresas e pessoas trabalham. Há divisão de espaços, reutilização de materiais e até uma nova dinâmica corporativa, que facilita os contatos e os negócios.

A arquitetura e a decoração dos ambientes acompanham essas características, prezando pela inovação e por móveis criados para proporcionar conforto e interação. Pensando nas possibilidades que o crescimento desse mercado representa para os marceneiros, destacamos quatro aspectos que não podem faltar no mobiliário de coworkings. Confira!

#1 Estações de trabalho que facilitam a interação entre os profissionais.

3-coworking-quatro-espacos-de-trabalho-coletivo-em-sp

#2 Móveis práticos e funcionais, que possibilitam a passagem do cabeamento, para facilitar a conectividade.

00-coworking-quatro-espacos-de-trabalho-coletivo-em-sp

#3 Ambientes descontraídos, com mobiliário durável e resistente, já que será utilizado por diversas pessoas.

03-coworking-quatro-espacos-de-trabalho-coletivo-em-sp

#4 O uso de materiais sustentáveis, pois a sustentabilidade faz parte da ideologia dos coworkings.

Sopro_ARCHATHON - Espaço do Saber - CASACOR 2017 - Baixa (3)

No coworking da CASACOR 2017 foi usado o Itapuã Essencial Wood, painel em MaDeFibra BP da Duratex, tanto no mobiliário quanto no revestimento de parede

Os escritórios compartilhados se apresentam como uma excelente oportunidade de novos negócios aos marceneiros. Não fique de fora desse mercado promissor!


Fotos CASACOR: arquivo Duratex | Demais imagens: casa.com.br (fotos Luis Gomes)

 

 

Segurança, sempre em primeiro lugar

O assunto é sério e merece a devida atenção na marcenaria

Young carpenter carrying wood plank

Você sabia que no ranking de países mais inseguros para o trabalhador, o Brasil está em 4º lugar? Desatenção e falta de equipamentos de segurança são as principais causas dos 700 mil acidentes de trabalho que acontecem a cada ano no país. Dados da Previdência Social revelam a seriedade do problema, que atinge pessoas de várias profissões.

Apesar desse número de acidentes estar em queda, segundo o Ministério do Trabalho, ainda há muito o que se fazer em matéria de segurança. E para reforçar ações focadas na área, a Organização Internacional do Trabalho (OIT), órgão que atua para garantir condições plenas de trabalho, criou o Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho, comemorado em 28 de abril.

Segurança tem que ser prioridade em qualquer área. Mas quando se trata de ambientes expostos a mais riscos, como uma marcenaria, a atenção e o cuidado devem ser triplicados. Para garantir sua proteção, o marceneiro precisa estar sempre atento e usando EPIs (Equipamentos de Proteção Individual): óculos de proteção; sapato de segurança; protetor auricular; e luvas pigmentadas para transporte de chapas e materiais – que não devem ser utilizadas durante a operação das máquinas e equipamentos.

Young men works in a factory for the production of furniture

André Luiz Mariano, orientador de Práticas Profissionais da Escola Senai Almirante Tamandaré, de São Bernardo do Campo (SP), onde é oferecido o Curso de Aprendizagem Industrial – Marceneiro, explica que, além do uso de EPIs, existem outras regras de segurança importantes que todo marceneiro deve seguir:

  • Verificar os Equipamentos de Proteção Coletiva (EPC) das máquinas antes de executar qualquer operação;
  • Manter o ambiente de trabalho organizado e limpo;
  • Instalar instruções de operação em todas as máquinas;
  • Manter as ferramentas de usinagem afiadas;
  • Manter boa iluminação na marcenaria;
  • Instalar coletor de pó em todas as máquinas;
  • Manter equipamentos e máquinas em ótimas condições de uso.

André Mariano reforça que, antes de usar qualquer máquina, o marceneiro precisa estar qualificado e ter passado por treinamentos: “O conhecimento, experiência e atenção são fundamentais no trabalho do marceneiro”.

Ele também destaca que os cuidados devem estar sempre presentes e fazer parte da rotina dos marceneiros: “É imprescindível que todos os dias, antes do início do trabalho, o profissional verifique os dispositivos de segurança das máquinas e repasse todas as dicas de segurança”. Ele ainda acrescenta: “Nenhum trabalho será tão urgente ou importante que não possa ser planejado e executado com segurança”.