Cuide bem das ferramentas

Você sabe o quanto elas custam e como são importantes para seu trabalho. Estamos falando das ferramentas da marcenaria, principalmente as de corte. Ficar sem uma delas ou usar uma danificada é problema na certa, para seu cronograma de entregas e para seu bolso. A saída mais simples é cuidar bem do que você usa para trabalhar, e aqui vão algumas dicas básicas para isso.

ORGANIZAÇÃO É FUNDAMENTAL

Nem sempre o ambiente de trabalho é bem arrumado, mas é muito importante ter um local próprio, limpo e adequado para guardar as ferramentas. É preciso haver uma distância entre elas, para que uma não bata na outra, evitando danos. Se você não tem um espaço assim, crie-o, mantenha-o organizado e oriente a todos que trabalham na marcenaria para guardar corretamente as ferramentas ao final do expediente.

AFIAÇÃO CORRETA GARANTE QUALIDADE E ECONOMIA

Brocas e serras devem ser afiadas sempre que necessário, caso contrário a qualidade da produção cai e a vida útil das ferramentas diminui. Além disso, uma afiação incorreta resulta em mais tempo de trabalho, no corte e no lixamento, e maior consumo de energia. Os sinais de que a ferramenta precisa ser afiada são desgastes, trincas ou lascas nos dentes de corte, ou quando o dente apresenta aspecto de queima no corte. Já no caso das brocas, há dificuldade na perfuração ou imperfeições na furação.

CRIE UM CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO

4

Estabelecer uma rotina de manutenção preventiva para as ferramentas pode parecer uma tarefa a mais no seu já corrido dia a dia, mas os benefícios compensam. Esse cronograma depende de uma série de fatores: a matéria-prima das ferramentas, o material que está sendo trabalhado e, principalmente, o volume de trabalho. Existem algumas regras gerais – como trocar a serra a cada 20 a 25 afiações –, mas o melhor é consultar os fabricantes.

ENGAJE A EQUIPE

Se você trabalha com outras pessoas, todos devem estar comprometidos com a preservação e a manutenção das ferramentas da marcenaria. Por isso, treine o pessoal em relação a este assunto, explicando como devem ser armazenadas, usadas e avaliadas as ferramentas. Assim, eles poderão identificar qualquer necessidade de manutenção logo que ela surgir, evitando problemas e garantindo a qualidade das operações e do acabamento dos móveis, sem gastos desnecessários nem perda de tempo.


Lembre-se: o MaDeFibra da Duratex é produzido a partir de madeira de eucalipto, que apresenta melhor acabamento de corte e usinabilidade, melhor furação e maior “agarre” dos parafusos. Com as ferramentas em boas condições, é muito fácil trabalhar com ele. Confira estes benefícios em uma matéria publicada anteriormente, clicando aqui.

Fonte: Revista Móbile Sob Medida, edição 87