Geração Y: os novos consumidores de móveis

A geração Y, também chamada geração do milênio ou da internet, é formada por quem nasceu entre o final dos anos 70 e dos anos 90. Ou seja, pessoas que hoje têm de 20 a menos que 40 anos de idade.

11

Estima-se que, no máximo em 15 anos, esta geração representará a maior parte dos consumidores ativos. Por isso, é preciso conhecê-la. Neste momento, estes jovens estão se formando, comprando seu primeiro apartamento, casando e começando a constituir suas próprias famílias – e vão precisar de móveis.

Você tem o desafio de conquistar este novo consumidor, exigente, conectado, que faz várias coisas ao mesmo tempo e quer sempre um retorno rápido. Veja três dicas para entender melhor e fazer negócios com a geração Y.

Eles são muito conectados

Estes jovens cresceram usando a tecnologia. Eles estão no Facebook e no Instagram, procuram serviços e fazem compras pela internet, buscam recomendações em redes sociais e reclamam em sites. Pesquisam on-line, e muito, antes de decidir uma compra. É preciso interagir com eles por e-mail, SMS e até WhatsApp. Para conquistá-los, é fundamental ter um portfólio eletrônico (veja como aqui) e até mesmo investir em promoções on-line.

8

Eles querem soluções simples

Quando o assunto são móveis, este jovem consumidor normalmente aprecia um design mais limpo e moderno. O mobiliário deve sempre contemplar o uso da tecnologia, nas mais variadas situações – eles vão querer usar o notebook, falar no Skype, interagir e compartilhar em todos os cômodos da casa. As soluções devem simplificar a vida, enfatizar a praticidade, facilitar a limpeza e, claro, esconder todos os fios. Home offices e home theaters são projetos bastante desejados, em função do estilo de vida desta geração.

9

Eles se preocupam com sustentabilidade

A geração Y cresceu em um mundo impactado pelo desperdício e com problemas ambientais cada vez maiores. Aprendeu a se importar muito com o consumo sustentável e o respeito socioambiental. Por isso, valoriza empresas éticas, materiais renováveis e certificados de procedência. Sabe como usar isso a seu favor? Uma ideia é utilizar sempre painéis com o selo FSC, e falar sobre esta certificação – só isso já é um ótimo argumento de venda.

10

Quer saber mais sobre este jovem consumidor de móveis? Então, acesse o boletim de tendências do Sebrae que enfoca este assunto, clicando aqui.