Arquivo da tag: Dicas para marceneiros

Coleção de Internos Duratex: beleza que vem de dentro

Novos padrões vão deixar o interior dos móveis ainda mais bonitos

materia2-1

Quando o assunto é decoração, a beleza mora nos detalhes. São eles os responsáveis tanto por imprimir personalidade a um ambiente quanto diferenciar e agregar valor a um móvel. E é essa força que reside nos detalhes que está por trás da mais recente tendência em decoração que vem da Europa: o cuidado com o revestimento interno do mobiliário. Ela foi um dos destaques da última Feira do Móvel de Milão e vem conquistando fãs por todo o mundo – inclusive no Brasil.

Em linha com a tendência, a Duratex lançou sua Coleção de Internos, que reúne opções para sofisticar também o interior de armários, gavetas e outras peças, permitindo fugir do tradicional branco usado normalmente na parte interna dos móveis.

A nova Coleção de Internos da Duratex tem quatro padrões em MaDeFibra BP que, além de garantir refinamento ao mobiliário, se destacam pelas diferentes texturas, cores e desenhos. Todos combinam perfeitamente com os padrões lisos e madeirados de outras linhas da Duratex, resultando em composições perfeitas. Assim, você poderá criar móveis lindos por dentro assim como são por fora.

Conheça os lançamentos.

Carbono | Linha Trama

materia2-2

Considerado um coringa, pode ser usado principalmente em combinações com madeirados, oferecendo um aspecto ao mesmo tempo clean e sofisticado ao móvel.

Gianduia | Linha Trama

materia2-3

Traz a inspiração do tom cinza quente e é uma excelente escolha para armários de cozinha, por exemplo. Fica perfeito com madeirados também quentes e com desenhos marcantes.

Titânio | Linha Trama

materia2-4

Destaca-se por trazer a leveza e fluidez dos tecidos para o ambiente, valorizando os móveis com um visual dinâmico e sofisticado.

Líneo Têxtil | Linha Prisma

materia2-5

Padrão de tonalidade suave, com uma textura que convida ao toque. É o que mais remete ao aspecto do tecido, contribuindo para tornar os ambientes mais acolhedores.

Estes padrões já podem ser encontrados em revendas de todo o Brasil. Então, que tal começar a se inspirar e mostrar também a beleza que está por dentro dos móveis?

Fique bem na foto!

Algumas dicas simples podem ajudar você a fotografar melhor seus projetos e tornar seu portfólio mais vendedor

foto1

Ter um bom portfólio é fundamental em qualquer área de atuação, pois facilita o fechamento de negócios. Na marcenaria então nem se fala, já que, para demonstrar seu profissionalismo e bom gosto, as imagens falam por si só.

Para ajudá-lo a ter mais qualidade em suas fotos – mesmo sem você ser um profissional nessa área – listamos algumas dicas simples, porém muito úteis. Confira e pratique, você irá se surpreender com os resultados!

#1. Cuidado com a luz

Ao contrário do que muitos pensam, a luz natural intensa e a artificial direta podem atrapalhar as fotos, pois geram contrastes e sombras. Prefira uma iluminação artificial indireta ou fotografe em dias nublados, ou ainda no final do dia, com luz suave. Também explore seu equipamento – atualmente, câmeras e celulares vêm com diversos recursos para a compensação de luz (flashes).

#2. Tudo importa

Quando você for fotografar um móvel ou um projeto finalizado, lembre-se de que tudo no ambiente importa. Preste atenção em cada detalhe, atente-se a elementos da decoração e, principalmente, esconda o que não quer que apareça, como fios. Vale muito a pena dedicar um tempo à produção das fotos, pois o resultado será muito melhor.

 #3. No lugar certo

Nem sempre é possível fotografar todo o ambiente em que o móvel foi instalado, a não ser com fotos panorâmicas. Mas essa não é uma boa solução, por conta da distorção desse tipo de imagem. Para mostrar o ambiente inteiro, a dica é se posicionar em um canto de onde seja possível incluir tudo o que você deseja na imagem.

#4. Foco nos detalhes

Para complementar seu portfólio, é sempre bom incluir fotos de detalhes dos móveis. Nem sempre lembramos disso, mas ter closes das peças pode dar um charme extra ao conjunto de imagens. Uma textura diferente, um detalhe do acabamento ou qualquer outro elemento que diferencie seu móvel pode se tornar uma marca de seu trabalho e conquistar um cliente.

foto2

Além de seguir essas dicas, lembre-se: praticar é essencial. Portanto, fotografe bastante, a partir de diferentes ângulos e com diversos tipos de iluminação, e avalie os resultados para entender o que funciona melhor. Só assim você poderá se tornar um expert!

Marcenaria para lojas, a arte de destacar produtos

Os móveis para lojas são um negócio interessante para os marceneiros

A escolha do mobiliário perfeito é o primeiro passo para o sucesso de um estabelecimento comercial, já que uma marcenaria bem executada diferencia e destaca qualquer espaço, seja uma loja, livraria, um café ou outro negócio.

Que tal atuar nesse segmento? Ele pode render bons projetos, já que este tipo de ambiente necessita de diversos móveis, como expositores, balcão de atendimento, entre outros. Os requisitos fundamentais são beleza, boa visibilidade e acesso aos produtos, facilidade de limpeza e praticidade. Mas algumas dicas simples podem fazer a diferença, veja aqui!

#1 – Abuse dos nichos

Para o ambiente ficar convidativo, o mobiliário deve ocupar menos da metade do espaço e facilitar a visualização e exposição de produtos. Por isso, os nichos são os queridinhos dos lojistas. Bastante versáteis, eles podem ser instalados de forma a compor diversos espaços nas lojas.

mat2

Na Loja CASACOR Duratex por Armazém do Marton, projeto do Marton Studio para a CASACOR SP 2018, prateleiras e um painel com ganchos para pendurar os objetos permitiu ganhar espaço, usando uma combinação de painéis, com o MaDeFibra BP Trama, da linha Carbono, e o MDF sem revestimento, ambos da Duratex

mat1

Na loja, um bom espaço para circulação permitiu o fácil acesso aos produtos, organizados em nichos laterais e em um expositor central

#2 – Invista em diferentes alturas

Móveis com diversas alturas e larguras permitem que os produtos sejam expostos harmoniosamente e estejam sempre à mão do cliente. Outra opção são os nichos de chão, amplamente utilizados em lojas com maior espaço físico. Esses móveis também podem ser produzidos com diferentes alturas, dando um ar criativo e moderno ao ambiente da loja.

mat3

Nessa loja da CASACOR SP 2017, também assinada pelo Marton Studio, expositores com diferentes alturas garantiram um ambiente dinâmico e contemporâneo, com a leveza do MaDeFibra BP da Duratex no padrão Riviera, linha Cross

mat4

Diferentes peças de mobiliário criaram espaços ideais para a exposição de cada tipo de produto, atraindo os olhos dos consumidores, algo fundamental em ambientes comerciais

#3 – Valorize com luz

Quando queremos dar destaque a uma área específica, nada melhor do que jogar luz, não é mesmo? Por isso, casar uma boa iluminação com os móveis de uma loja é essencial. Além de dar mais visibilidade aos produtos, a luz contribui para tornar a atmosfera do ambiente mais agradável, valorizar a beleza do espaço e o próprio mobiliário comercial.

mat5

Em outra edição da CASACOR SP, a loja de Mauricio Arruda abusou da luz embutida para destacar os produtos expostos no mobiliário produzido com o MaDeFibra BP Duratex Acqua e Branco Diamante, ambos da linha de alto brilho Cristallo

mat6

O espaço ainda contemplava uma ilha central para a exposição dos produtos, de forma a apresentar as mercadorias de forma bastante organizada

App Marcenaria d agora tem Plano de Corte

Com apenas dois meses, o aplicativo da Duratex é um sucesso entre os marceneiros

img-video-app

Lançado no início do ano com o objetivo de ser seu parceiro de todas as horas, o aplicativo Marcenaria d já é um sucesso, com mais de 4.000 downloads.

E o app acaba de ganhar mais uma função para uma das etapas fundamentais do processo de criação de um projeto: o Plano de Corte, que ajuda a reduzir os gastos otimizando o aproveitamento da chapa no momento do corte. O recurso também permite saber antecipadamente quanto material você vai precisar para produzir um móvel.

novos padrões8

Para usar a função, basta acessar o app e clicar em Plano de Corte. Em Especificações, você define o padrão da chapa (as da Duratex têm 1840 x 2750 mm), a espessura da serra e a distância da borda. Na sequência, você determina quantas Peças serão necessárias para produzir o móvel e as medidas de cada uma.

Como o sistema foi definido para respeitar o veio de cada padrão, assim que as quantidades e medidas de cada peça são introduzidas o app fornece o Resultado, informando quantas chapas deverão ser usadas no projeto e as possíveis sobras.

Imagem 1

Para utilizar a nova função, basta atualizar sua versão do aplicativo. E se você ainda não usa o app Marcenaria d, não perca tempo, baixe agora em: iOS ou Android .


Para conhecer mais sobre o Marcenaria d, confira uma matéria clicando aqui. E para assistir um vídeo sobre o app, clique aqui.

Conheça a novidade que irá facilitar o seu dia a dia!

Com o novo app Marcenaria d, o marceneiro ganha uma ferramenta inovadora para auxiliar seu trabalho

img-gadgets2

Hoje, é impossível imaginar o mundo sem os smartphones, concorda? E os novos recursos oferecidos têm revolucionado nossas vidas, a ponto de nem imaginarmos mais ficar sem eles. Em linha com essa realidade, a Duratex lançou o app Marcenaria d.

Com ele, você projeta um móvel em 2D facilmente, além de conferir tendências e imagens para se inspirar. E o melhor: você tem todas as funcionalidades onde estiver, de forma descomplicada.

O Marcenaria d é uma inovação que ajudará você a desenvolver seus negócios com mais agilidade. Ele foi criado com a ajuda de marceneiros para ser um verdadeira ferramenta de trabalho, por isso tem tudo que é importante para seu dia a dia.

Confira as principais funcionalidades do app Marcenaria d

tela-smartphones1

tela-smartphones2

Além de todas essas facilidades, o app traz as revendas mais próximas de sua marcenaria e todos os canais de atendimento da Duratex.

Assista a um vídeo para ver como ele vai ajudar seu trabalho.

10

Não perca tempo, baixe agora o Marcenaria d em seu smartphone ou tablet acessando a App Store ou o Google Play, e bons negócios!

Organização ajuda na produtividade e nas vendas

Siga nossas dicas e se surpreenda com os resultados.

1

Você sabia que o controle do estoque e a organização da marcenaria melhoram a produtividade e podem até impactar o sucesso das vendas? Saber o que você tem disponível no estoque faz diferença no momento de fechar um orçamento e combinar o prazo de entrega, e é certo que a execução dos serviços fica mais fácil se os materiais e equipamentos estão facilmente acessíveis.

Veja a seguir dicas simples para a organização da sua marcenaria que podem tornam o seu dia a dia mais eficiente.

Dica #1 – Atenção ao layout

Carpenters Working On Machines In Busy Woodworking Workshop

Pensar no layout da marcenaria e reformulá-lo, se necessário, pode trazer ganhos. Isso porque uma boa disposição dos equipamentos facilita o fluxo de produção e aumenta a produtividade. Lembre-se de que as ferramentas têm que estar sempre à mão. Considere também a quantidade de profissionais em sua marcenaria, todos têm que ter um espaço funcional para trabalhar.

Dica #2 – Controle de estoque

old joinery no people

Manter estoque significa dinheiro que já foi investido e que precisa ser bem gerenciado. O estoque de sua marcenaria deve ter de 70% a 80% de itens usados na maioria dos móveis (como cavilhas, corrediças, dobradiças, parafusos do tipo estrutural etc.), o que evita atrasos nas entregas e garante o orçamento inicial. Atenção: matéria-prima acumulada por mais de 30 dias pode afetar as finanças do seu negócio.

Dica #3 – Quando menos é mais

2

Todos sabem que os painéis de madeira são a principal matéria-prima da marcenaria e é preciso muito cuidado no armazenamento desses produtos. A armazenagem de painéis de MDF e MDP só vale a pena se eles têm giro rápido. Além disso, devem ser armazenados sempre alinhados, para evitar empenamento. Caso estejam em pallet sobre pallet, assegure-se de que os calços estejam perfeitamente alinhados.

Dica #4 – Manutenção em dia

Professionally dressed carpenter varnishing board

Equipamentos quebrados representam produção parada – por isso, invista na manutenção periódica. Manter os equipamentos em perfeito estado de funcionamento não é difícil. Fazer a limpeza diária (retirando resíduos) e as manutenções indicadas no manual do fabricante já são suficientes para o bom rendimento e eficiência e garantem maior produtividade, segurança e qualidade dos serviços.

Dica #5 – Use a tecnologia a seu favor

Man measuring a wooden plank

A tecnologia pode ser utilizada para melhorar qualquer processo, bem como para aumentar a produtividade das empresas. E a marcenaria não está fora dessa realidade, pois o  mercado oferece diversas facilidades que contribuem para a eficiência do trabalho do marceneiro. Serras modernas, projetadas para aproveitar melhor a matéria-prima e reduzir o descarte por cortes errados, e softwares que facilitam a realização de orçamentos de projetos são exemplos de avanços tecnológicos que podem trazer ganhos importantes para seus negócios.


Fontes: Habitus Brasil e Mill Indústria

Escolha a serra adequada para sua marcenaria

Confira nossas dicas e faça o melhor uso desta ferramenta de trabalho tão importante

7

Existe uma serra para cada tipo de material e de corte, assim como um tempo certo para trocá-la. Ignorar isso leva a um trabalho mal-acabado e, em vez de economia, gastos desnecessários. Você será obrigado a fazer um retrabalho, perdendo tempo e dinheiro.

Veja a seguir como obter o melhor desempenho da serra circular e otimizar as operações de corte na sua marcenaria.

Dica #1 – Dentes da serra

Para trabalhar com o MDF de Eucalipto da Duratex, material mais robusto e resistente, é indicado para o disco de serra o uso de dentes do tipo reto-trapezoidal e alternados. O diâmetro dos discos depende do tamanho do equipamento, sendo mais usual aqueles com diâmetro de 250 milímetros e 72 dentes, ou 300 milímetros e 96 dentes, que produzem cortes mais precisos.

Dica #2 – Altura certa

A altura da serra também é importante. Para o MDF de Eucalipto, ela deve estar a uma altura entre 10 e 15 milímetros acima do painel que está sendo cortado, o que proporciona a saída normal dos cavacos e evita a vibração do disco, conferindo melhor qualidade ao corte.

Dica #3 – Cuidando da serra

A camada de verniz que envolve a serra precisa ser removida periodicamente com thinner. Sem este cuidado, a ferramenta corre o risco de queimar ou trincar com o uso. Já as serras revestidas de teflon dispensam este cuidado e, justamente por isso, acabam tenho uma vida útil mais longa.

Dica #4 – Xô vibração!

Ao colocar a serra no eixo, não calce o disco pelo dente para apertar a porca, pois ela pode vibrar. A serra também vai vibrar e pode lascar a madeira se a bucha de redução tiver folga. Por último, verifique se a flange, o anel que segura o disco no eixo, ocupa 1/3 do raio do disco, para que a serra fique perfeitamente ajustada e não vibre.

Dica #5 – Atenção à serra e ao operador

Ao final do trabalho, não deixe a serra sobre a bancada de trabalho. Ela deve ser guardada na embalagem de proteção, cuidado indicado para sua conservação. E ainda mais importante que os cuidados com o equipamento são aqueles com o operador. Nunca deixe de usar óculos de proteção e máscara contra poeira ao usar a serra, colocando sempre, em primeiro lugar, a segurança de quem trabalha na marcenaria.

8


Fonte: Portal Moveleiro